5 days without sugar

5 dias sem Açúcar...

09:30

Algum tempo atrás tinha pensado em fazer 30 dias sem açúcar, mas nunca tive a coragem de avançar. Este mini desafio de 5 dias sem açúcar parecia fácil e resolvi começar (jutamente com mais duas amigas).
Este detox (dieta é um nome muito agressivo) consiste basicamente em não ingerir qualquer tipo de açúcar, a excepção do açúcar proveniente de fontes naturais.  Estava portanto proibida de comida processada, que incluí açúcar mas mais variadas formas, conhecidas  (ou desconhecidas) representadas na imagem a baixo, cereais e derivados destes, lacticínios,  batatas entre outros. Livre acesso a vegetais, carne, peixe, fruta e iogurte natural.



A minha ideia foi começar a uma segunda-feira pois nos dias de trabalho ia andar mais ocupada e não pensaria muito nisto. Teoricamente funcionou, não fosse todas as tentações que nessa semana apareceram pelo meu trabalho.

Eu resolvi resumir aqui o que senti durante este 5 dias e as tentações que superei.
Dia1: Foi complicado, senti-a o corpo a pedir-me imenso bolachas, precisava de alimentos crocantes, mais propriamente do crocante da bolacha. 
Tentação: O bolo de chocolate que o meu colega fez.

Dia2: Acordei com fome, passei o dia com sensação de fome e deitei-me com fome. O que comia parecia que não chegava para me saciar. 
Tentação: Pizza, que todos os meus colegas estavam a comer na mesma sala que eu e o pior é que era grátis.

Dia3: Faltou pouco para desmaiar mesmo antes de almoço. Não foi por falta de comida, porque  tinha comido pouco tempo antes. Acho que foi mesmo falta de açúcar, que restabeleci logo de seguida com o almoço.
Tentação: Todo o tipo de batatas fritas, amendoins, chocolates, gomas, pão, queijo e afins que temos no jornal club.

Dia4: O corpo não me pedia mais açúcar, estava mais controlado e também já não sentia muita fome.
Tentação: Cerveja. Fomos até um barzinho e tive de ficar a beber água.

Dia5: Estava mais tranquila, sem fome e sem grandes desejos, mas com o pensamento no que iria saborear no dia seguinte.
Tentação: Um jantar cá em casa com amigos, que já se sabe como são.


O mais difícil?
Sem duvida o pequeno almoço e quando chegava a casa depois do trabalho. São as horas em que consumo mais bolachas e bolos.

O mais fácil?
As refeições principais. Não precisei alterar muito a dieta. 

O que conclui?
Que andava a comer demasiado açúcar mesmo sem me aperceber. Achava que as bolachinhas era insignificantes. 
Que estou viciada em açúcar, mas que posso viver sem ele.
Que tudo o que é alimento processado tem uma quantidade exorbitante de açúcar, e os que dizem sem açúcar tem praticamente sempre adição de outras formas deste componente, que são discretamente assinalados no meio dos outros ingredientes. Muitas das vezes a ver se passamos por tolinhos, e claro que passamos.


O que fazer depois
Depois comi um belo donut mas decidi que vou evitar as bolachas e os alimentos mais açucarados entre refeições e optar por fontes naturais de derivados deste tão maléfico composto.











You Might Also Like

4 pensamentos sobre o meu segredo

  1. isso deve ser um grande detox para o corpo e um choque ao mesmo tempo. Como sei que não consigo fazer isso "para sempre", regra geral o que faço é substituir algumas coisas, bolachas e bolos por exemplo só como feitos em casa e chocolate só o 70% cacau :) e açúcar dou preferência ao mascavado.

    Viste resultados no volume corporal ou peso?

    ResponderEliminar
  2. É um excelente desafio, vamos lá ver se ganho coragem para o fazer.:p

    Another Lovely Blog!, http://letrad.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Com o trabalho que tenho e o desporto que faço, acho que caio para o lado se não ingerir açúcar nenhum =\ parece-me um desafio interessante, mas eu preciso dos meus hidratos de carbono hehehe. Mas tento sempre optar pelos mais complexos... o grande problema do açúcar é que vicia, como tu referiste!

    ResponderEliminar
  4. como eu te percebo!! é bem verdade que o açucar é estupidamente viciante e que nós nem nos damos por isso, mas somos viciados. eu sou, completamente! Como sou vegetariana, procurava compensar a "gula" com coisas doces..e há uns meses decidi abrandar com a coisa, foi dificil no inicio mas comecei a notar bastantes diferenças uns dias depois. E entretanto já descobri receitas vegetarianas saudaveis e gulosas! :p fazes muito bem em abrandar também! beijinhos

    ResponderEliminar

Like us on Facebook

Loading followers